Quinado (feat. Nuno Barreiro)

from by PELTZER

/
  • Streaming + Download

    Includes unlimited streaming via the free Bandcamp app, plus high-quality download in MP3, FLAC and more.
    Purchasable with gift card

      €1 EUR  or more

     

  • Compact Disc (CD) + Digital Album

    We still have have CDs from our 1st Edition + PELTZER memorabilia, better hurry!

    Includes unlimited streaming of Devisable via the free Bandcamp app, plus high-quality download in MP3, FLAC and more.
    ships out within 5 days
    edition of 150 

      €10 EUR or more 

     

about

Quinado is track #7 of Devisable, an album by PELTZER

lyrics

O vento segue mas sempre quinado
e é por dentro que encontro o alento de rir
da má sorte que passa por mim,
que eu nasci do género canário,
óxido de morte que senti dosear!

O tonto corre mas sempre guinado
e assustado não bebo sedento de dôr.
Vejo o corpo arder no canal,
que eu nasci com o crânio rasgado,
áspero de um corte que não pude evitar.

Mas não vi nada demais aqui,
só o pó que há-de vir!

O velho foge mas sempre virado
e não consigo entender porque tremo no fim.
Quando o mestre não teme por mim
que eu nasci com os olhos vendados,
vícios da má sorte que me custa entregar.

Pinga o sangue de um cano furado
e como sempre não mexo uma palha por ti.
Deixo o dedo apontado na ferida.
Adormeço assim destapado,
não é que me importe nunca mais acordar!

Mas não vi nada demais aqui,
só o pó que há-de vir,
e um dó de sentir que eu não senti.

credits

from Devisable, released November 20, 2017
Written and played by Rui Gaio and Cato Calado

Produced by Francisco Rebelo
Mixed by: Artur David

Special Guests:
Vocals & riffs by Nuno Barreiro

Graphic Design and concept by GonçAlves Co

license

all rights reserved

tags

about

PELTZER Portugal

contact / help

Contact PELTZER

Streaming and
Download help

If you like PELTZER, you may also like: